Jericoacoara

0 146
Seguros Promo

- Advertisement -

Jericoacoara – CE

Sobre Jericoacoara

Jericoacoara é um vilarejo localizado no município de Jijoca de Jericoacoara, no litoral do Ceará, a 300 km da capital Fortaleza.

A área faz parte do Parque Nacional de Jericoacoara, o que garante proteção ambiental, impõe limitação de visitantes e cobra taxa de visita de acordo com o número de dias que o turista pretende ficar por lá.

A praia de Jericoacoara foi eleita em 1994 pelo jornal The Washington Post uma das dez praias mais bonitas do mundo. E, em 2014, recebeu o título de quarta melhor praia do planeta pelo Huffington Post.

A beleza do lugar já serviu de cenário para o cinema e a tv. Em 1997 foi rodado por lá, o filme A Ostra e o Vento com Lima Duarte, Leandra Leal e Fernando Torres como protagonistas.

Já no ano seguinte, a Rede Globo filmou a novela Meu Bem Querer em Jericoacoara, tendo como protagonistas os atores Murilo Benício e Leonardo Brício e as atrizes Alessandra Negrini e Flávia Alessandra.

Como chegar em Jericoacoara

Embora pouca gente saiba, Jericoacoara tem aeroporto. Gol, Latam e Azul operam voos regulares para lá, partindo de São Paulo, Campinas e Belo Horizonte, ou vindo de outras cidades com conexões. 

Passagens de ida e volta partindo de Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Campinas ou Belo Horizonte, começam a partir de R$900,00.

De Ônibus:

Você pode pegar um ônibus na rodoviária de Fortaleza ou até mesmo no aeroporto, pois o mesmo ônibus passa por lá. A tarifa por trecho é de R$60,00 pela empresa Fretcar.

Outra opção, caso você esteja em Fortaleza, é fechar um pacote com alguma agência de turismo, que te buscará no seu hotel em ônibus de turismo confortável e com guia, fará uma parada no caminho para lanche e providenciará o transporte em jardineira entre Jijoca e a vila de Jericoacoara.

Nesse pacote inclui uma parada no clube de praia The Alchymist Beach Club (consumo por conta do turista), em lagoas azuis que fazem lembrar os Lençóis Maranhenses e na árvore da preguiça.

OBSERVAÇÃO: Certifique-se junto à agência, se o transfer de jardineira Jijoca/ Jeri/Jijoca está incluído no pacote.

Os valores variam de acordo com a quantidade de noites que você vai ficar em Jeri e o grau de conforto da pousada ou hotel que você escolher.

Mas não se preocupe, existem pacotes bem acessíveis e você ainda pode parcelar na agência em Fortaleza ou diretamente no hotel.

O ideal é ficar duas ou, no máximo, três noites em Jeri. Ficar somente uma noite não dá para conhecer tudo e fazer bate e volta nem pensar.

De carro:

Se você for de carro, leve em consideração que as estradas da região são bem ruins e que você não poderá entrar em Jericoacoara com seu carro.

Você vai ter que deixar o carro em algum estacionamento em Jijoca e contratar o transfer de jardineira até a vila.

Os estacionamentos em Jijoca, variam de R$10 a R$40 por carro, por noite, dependendo da localização do estacionamento e tamanho do carro.

Principais distâncias a partir de Jijoca de Jericoacoara:

Fortaleza – CE = 278 km

Sobral – CE = 151 km

Teresina – PI = 446 km

Parnaíba – PI = 198 km

Barreirinhas – MA = 372 km

São Luís – MA = 623 km

O que fazer em Jericoacoara

Passeio pelo lado Oeste:

O passeio pelo lado oeste de Jeri, para mim é o principal e o mais bacana, portanto se você tiver que escolher entre passeios, por falta de tempo ou grana, faça o passeio pelo lado oeste.

Você pode fazer o passeio de bugre ou de jardineira. O passeio de bugre comporta até 4 pessoas e o valor é dividido entre os ocupantes. Caso você esteja em duas ou três pessoas e não queira desconhecidos no seu passeio, é só pagar o preço cheio

A outra opção são as jardineiras, que podem ser caminhões ou pick-ups adaptadas com bancos que transportam até 14 pessoas. 

Bugres = R$400,00 para até 4 pessoas

Jardineira = R$85,00 por pessoa. 

Você pode dar uma chorada no preço, eu consegui um desconto.

O responsável pelo passeio passa pelas pousadas entre 9 e 9:30h buscando os participantes. 

Nesse horário começa o passeio com bastante emoção, subindo e descendo as dunas. Em alguns pontos, as dunas formam verdadeiros paredões, que parecem que os carros não conseguirão subir.

Nas descidas, parece até uma montanha russa, tamanha a inclinação do terreno. Em alguns momentos, parece que a jardineira vai descolar dali.

Após as dunas, é feita uma curta travessia em uma balsa improvisada, onde do outro lado há uma pequena parada para quem quiser fazer um passeio opcional de canoa para observar cavalos marinhos.

Como eu já vi cavalos marinhos em outro destino e achei programão “pega turista”, fiquei por ali fazendo hora, bebendo água de coco e batendo uma bolinha com os nativos.

Depois o grupo segue para a próxima parada, no mangue seco, que virou point para fotos, devido à paisagem árida e retorcida, que foi enfeitada com balanços, degraus para as árvores, redes e diversas fitas coloridas, dando aquele upgrade nos cliques para o Instagram

Seguindo adiante, próxima etapa, parada sobre as dunas para um toboágua que termina na lagoa ou uma tirolesa. Essas atrações também são cobradas a parte.

A última e mais longa parada é na Lagoa da Tatajuba,  onde você pode escolher entre diversas barracas na beira da lagoa, para almoçar ou simplesmente experimentar alguns petiscos. Existem mesas e redes dentro da lagoa, para você beber uma cervejinha, água de coco ou simplesmente relaxar e aguardar a hora de voltar.

No retorno não há mais paradas e o carro te deixa na vila por volta das 16h, horário perfeito para aproveitar o pôr do sol.

Passeio pelo lado Leste:

O passeio pelo lado leste de Jeri é no mesmo esquema que o do lado oeste, você pode fazer de buggy por R$350,00 para até quatro pessoas ou de jardineira por R$70,00 por pessoa.

O passeio pelo lado leste também sai por volta de 9:30h da vila e retorna aproximadamente às 16h, portanto, para não perder nenhum pôr do sol, dá tempo de correr para o melhor pico e apreciar o sol se despedindo.

Este passeio visita as seguintes atrações: Lagoa do Paraíso, Lagoa Azul, Praia do Preá e Árvore da Preguiça.

Jericoacoara como chegar quando ir melhor época o que fazer

Caso você tenha chegado à Jeri por pacote de agência, é bem provável que o transfer já tenha feito exatamente esse percurso, mas com o passeio você fica mais tempo nas atrações. 

A parada da Lagoa do Paraíso geralmente é feita no beach club Alchymist, que é bem bonito, tem uma infraestrutura incrível e preços para lá de salgados. Dê uma olhada no cardápio abaixo. Valores de antes da pandemia.

A Lagoa Azul faz lembrar um pouco os Lençóis Maranhenses, a Praia do Preá é linda e por último a Árvore da Preguiça, que tem esse nome por causa do seu formato.

A árvore é da espécie conocarpus erectus, mas de ereta ela não tem quase nada, é que o vento, que muda a paisagem, altera cursos de rios e transfere dunas de lugar, fez com que a árvore ficasse quase deitada, daí o seu nome. Muitos dizem que faz lembrar cabelos longos ao vento.

Assistir ao pôr do sol no melhor ponto:

Os points para assistir ao pôr do sol são a Pedra Furada ou as Dunas do Pôr do Sol, mas para mim o melhor ponto é um pouquinho antes das dunas. 

Siga em direção às dunas perto do final da tarde (você nem precisa pedir informação, basta seguir a multidão que está caminhando para lá), mas antes de chegar às dunas, você verá um riacho bem raso correndo em direção ao mar, pronto é aí.

Além de você não ter que se esforçar para subir o ladeirão de dunas, terá um pôr do sol quase só seu, enquanto uma multidão está apinhada sobre as dunas. 

Nesse ponto, você ficará de boa, só vendo as pessoas cruzarem o riacho para ir para as dunas e ouvindo ao longe o barulho da galera lá em cima e poderá testemunhar essa beleza do sol se pondo e o seu brilho refletindo nas águas do riacho.

Jericoacoara como chegar quando ir melhor época o que fazer
Pôr do Sol em Jericoacoara antes das dunas – O melhor lugar para assistir esse espetáculo

Dançar forró:

O restaurante D. Amélia, que tem excelente comida (ver em “Onde comer em Jericoacoara”) também tem um forró de respeito nas noites de quarta e sábado. O restaurante D. Amélia fica na Rua do Forró.. Já às quintas-feiras, o lugar para o rastapé é no Maloka, que fica na Rua da Igreja.

Curtir uma baladinha no Café Jeri:

O hotel Hurricane Gardens, de quarta a domingo, abre o seu terraço para uma baladinha com djs comandando as pickups com música eletrônica, bailarinas, artistas circenses e diversos efeitos visuais. A programação acontece das 16 às 20h e a casa não permite a entrada de mulheres somente de biquíni e os homens sem camisa. Vale super a pena, a festa tem ambiente descontraído e bastante gente bonita.

Pedra Furada:

Jericoacoara como chegar quando ir melhor época o que fazer

A Pedra Furada é o cartão postal mais icônico de Jericoacoara. Você pode ver diversas fotos de outros lugares e não saber que se trata de Jeri, mas a Pedra Furada é inconfundível.

Ir à Jeri e não visitar essa atração é o mesmo que visitar o Rio pela primeira vez e não conhecer o Cristo Redentor e o Pão de Açúcar, com a diferença que as atrações cariocas são pagas, já a de Jeri, é gratuita. Você só vai precisar fazer uma trilha que é super tranquila.

CAMINHO: Siga pela Rua do Forró que você já sairá de frente para a trilha, ela é bem larga e fácil de identificar, não tem errada, só seguir por ela até o barranco na beirada da praia. Dali em diante é descer o barranco com cuidado com as pedras e você chegará à praia do famoso cartão postal.

A trilha tem aproximadamente 2 km, com terreno de terra ou areia e é percorrida em 25 minutos mais ou menos.

Muita gente prefere visitar a Pedra Furada no final da tarde, dizem que em alguma época do ano, o sol se põe na direção do furo da pedra, mas também comentam que esse horário é o mais crowdeado e se forma uma fila gigantesca para conseguir tirar foto por lá, principalmente em alta temporada.

DICA MAROTA: Vá antes do dia clarear. Foi o que eu fiz, saí da pousada ainda com tudo escuro, fiz a trilha só com a lanterna do celular e cheguei na Praia da Pedra Furada com o dia amanhecendo e tirei essa foto linda aí de baixo. 

Jericoacoara como chegar quando ir melhor época o que fazer

Eu fiquei 1 hora na praia sem a companhia de ninguém e pude tirar fotos nos mais diversos ângulos. Quando eu estava iniciando a trilha de volta, chegaram os primeiros turistas depois de mim.

Buraco Azul:

O Buraco Azul é uma das atrações que ficaram famosas recentemente em Jeri, na verdade foi um buraco decorrente de uma escavação para retirada de terra e areia para a construção de uma estrada, com as fortes chuvas de 2019, o buraco se encheu de água que fica na cor azul turquesa, de acordo com a hora do dia e incidência solar.

A água já foi testada e é própria para banho. Há relatos que o Buraco Azul agora está incluído no passeio pelo lado leste, eu não sei.

Informe-se e depois volte aqui e me conta.

Dar um rolé pelo centrinho à noite e de dia:

Caso você não faça nenhum passeio, ou chegue cedo, aproveite para dar um rolezinho durante o dia pela praça principal de Jeri e pelas ruas paralelas e transversais, são umas cinco, no máximo. Visite as lojas, aproveite para tirar fotos com a luz do dia e prove um sorvete na Sorveteria Gelato & Grano.

A noite também vale muito a pena bater perna pelo centrinho da vila, há restaurantes e bares dos mais variados estilos, música ao vivo para todos os gostos, artistas se apresentando pela rua, as lojas continuam abertas, mas o point à noite é no final da Rua Principal.

Passe da praça e vá seguindo pela Rua Principal em direção à praia, lá no final ficam dezenas de barraquinhas multicoloridas com os mais variados drinks de frutas nordestinas, minha indicação é a barraca do Fábio.

Além das barraquinhas, sempre rola DJ e artistas circenses, fazendo apresentações e passando o chapéu em seguida.

O local atrai principalmente as pessoas mais jovens que passam por lá antes de irem para as baladinhas, e também depois das 2h para aqueles que não querem ir dormir quando as baladas acabam. Você pode comprar seu drink e ficar na praia atrás das barracas, fica uma galera bacana por lá.

Onde se hospedar em Jericoacoara

Jericoacoara tem pousada e hoteis desde os mais simples, até os mais luxuosos, como é o caso do famoso Hotel Esenza, que tem piscinas nas varandas dos quartos. 

Orçamento limitado (Hostel)

Os melhores de Jeri com diárias a partir de R$50,00 (baixa temporada)

  • Villa Chic Hostel e Pousada
  • Hostel Jeri Central
  • Casa Jasmin
  • Mandala Hostel Jeri
  • Cactus Hostel Jeri

Orçamento podendo fazer uma graça (Pousadas simples e casas)

Os melhores de Jeri com diárias de a partir de R$130,00 (baixa temporada)

  • Guaco House
  • Vila do Sossego
  • Apê do Fabiano
  • Flat Doce Jeri
  • Meu lugar Flat
  • Pousada Atlantis

Orçamento com folga (Pousadas mais confortáveis)

Os melhores de Jeri com diárias de casal de até R$200,00 (baixa temporada)

  • Casa Elea
  • Pousada O Refúgio
  • Casa Mirella Jeri
  • La Casina Jericoacoara
  • Villa das Palmeiras

Orçamento tô podendo (Pousadas e hoteis boutique com serviços diferenciados)

Os melhores de Jeri com diárias de casal de até R$550,00 (baixa temporada)

  • Pousada Carcará
  • Blue Residence Hotel
  • Villa Mag
  • Pousada Villa Métisse

Orçamento tô ostentando (os melhores e mais luxuosos hotéis de Jeri)

Os melhores de Jeri com diárias de casal a partir de R$1.500,00 (baixa temporada)

  • Vila Kalango
  • Essenza Hotel
  • Pousada Jeribá
  • The Chili Beach Private Resort

Onde comer em Jericoacoara

Jerilícias

Quer comer uma refeição com gosto de tempero caseiro e pagar muito barato? O Jerilícias é o lugar. O ambiente é bem simples, como se pode imaginar, o atendimento é rápido, a comida é bem servida e é simplesmente deliciosa.

 

La Plage

O La Plage é rústico e sofisticado, é lindo, é romântico, fica de frente para a praia e tem um ambiente acolhedor e intimista. Vale muito a pena curtir um jantar à luz de velas de frente para o mar. O atendimento é excelente e os pratos têm uma apresentação simplesmente perfeita.

Pescador

Mais um restaurante com decoração rústica e intimista, música ao vivo agradável, gente bonita ao redor, bom atendimento e comida deliciosa, prove a moqueca de peixe ou a massa de frutos do mar. É um pouco mais caro que outros restaurantes de Jeri.

Na Casa Dela

O maior charme do lugar é a decoração simples, criativa e intimista. O atendimento é excelente e as pizzas feitas no forno a lenha e os pratos da culinária local são deliciosos. Sugestão: dadinho de tapioca com geléia de pimenta como entrada e paçoca de carne seca com arroz de leite, purê de abóbora e feijão

Tamarindo

Sem dúvida é um dos melhores restaurantes de Jericoacoara, é sofisticado e a apresentação dos pratos é impecável. Prove a frozen de tangerina com gengibre e um dos risotos da casa. Um pouco mais caro que outros restaurantes de Jeri, mas nada de se espantar comparado com restaurantes do mesmo nível em outras cidades brasileiras.

Kafila

É um restaurante de comida árabe e libanesa bem rústico na rua principal. Serve quibes, esfihas, kebabs, quibe cru, kafta e demais delícias da comida árabe. Preços medianos.

Dona Amélia 

Comida farta, preços honestos, cerveja muito gelada, música ao vivo e bom atendimento. Não deixe de provar o camarão no abacaxi para duas pessoas, mas o Dona Amélia também serve pratos executivos no almoço, com um precinho bem camarada. É no Dona Amélia que rola também um forró da mais alta qualidade nas noites de quarta e sábado.

Dinheiro x cartão

Estou pensando seriamente em tirar essa sessão dos textos do blog quando o destino for aqui pelo Brasil mesmo, pois atualmente todo mundo aceita cartão.

E, se você estiver desprevenido, sem dinheiro e o prestador de serviço ou comerciante não aceitar cartão, ele com certeza dará um jeito de arrumar uma maquininha emprestada, mas não vai perder a venda.

Agora ainda temos o PIX que facilita mais ainda a vida de quem quer pagar e quem precisa receber.

Em Jeri, hotéis, restaurantes, passeios, barraquinhas de drinks, lojinhas, sorveteria, mercados, padaria, vendedores ambulantes, ou seja, quase todo mundo aceita cartão, mas é sempre bom andar com pelo menos alguns trocados para um imprevisto, como por exemplo, o cartão não passar por falta de sinal. 

Como se locomover em Jericoacoara

A pé! Simples assim.

Você só vai usar veículos quando chegar à Jeri, quando for embora e nos passeios.

Como disse acima no texto, Jeri é um destino pé no chão, não tem asfalto, é terra e areia e o centrinho da vila é minúsculo, portanto a forma de se locomover em Jericoacoara é andando.

Quando ir/ Melhor época para conhecer Jericoacoara

As temperaturas em Jericoacoara oscilam pouco durante o ano, tendo mínimas por volta dos 24º C o ano todo e máximas de 33º C entre agosto e novembro. 

O que vai fazer toda a diferença na sua viagem é o índice pluviométrico, ou seja a quantidade de chuva, esse sim varia muito durante o ano, e tem nos meses de junho a dezembro, seus menores índices. Período que os cearenses chamam de verão, embora na verdade seja inverno e primavera.

Portanto, a melhor época para conhecer Jericoacoara é entre os meses de junho e dezembro.

Os índices de chuvas entre os meses de janeiro a maio são altíssimos, sobretudo nos meses de março e abril e você pode passar sua viagem debaixo d’água.

Eu fui em maio, que também não é dos melhores meses e peguei, chuva, sol, chuva, arco-íris, sol, lua, nublado, sol, temporal, vento, sol, céu carregado, sol… Tudo isso em um único dia.

Apesar da instabilidade do tempo, deu para fazer todos os passeios e curtir Jeri durante o dia e a noite.

Jericoacoara como chegar quando ir o que fazer melhor época
A linha vermelha é a de temperatura. Como dá para ver ela oscila pouco durante o ano. Já os índices pluviométricos de cada mês mudam bastante e os meses de janeiro a maio são os de maior precipitação (volume de chuvas)

Como se vestir/ O que levar para Jericoacoara

Embora Jeri seja um destino pé no chão, à noite a vila tem alguns restaurantes bem elegantes, portanto você pode levar uma roupa um pouco mais arrumada para jantar ou curtir uma baladinha.

Mas no geral o que eu recomendo para homens são sungas de praia,  shorts, bermudas, regatas, camisetas e uma camisa de tecido leve, caso você queira jantar em um restaurante mais arrumado. Boné ou chapéu para proteger a cabeça do sol a pino, chinelos ou sandálias, protetor solar e um hidratante.

Para as mulheres, biquínis ou maiôs, saída de praia, shorts, vestidos leves de alcinha, camisetas, chinelos, rasteirinhas, chapéu, um vestido mais arrumado para um jantar, protetor solar, hidratante.

Ah, para homens e mulheres, caso queiram é legal levar uma toalha para os passeios ou alugar uma na pousada ou hotel.

Remédios/ Hospitais/ Seguro

Existem farmácias da vila de Jericoacoara para comprar os principais remédios e itens para pequenos curativos, mas é sempre bom lembrar de levar remédios de uso regular e aqueles que a gente sempre precisa em viagens como um analgésico e antitérmico.

Há uma UPA 24 horas em Jeri, a 950 metros da praça principal da vila.

Caso você sofra algum acidente ou passe mal e necessite de atendimento de maior complexidade, eu recomendo que você faça um seguro saúde. Você pode fazer sua cotação aqui, você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter.

Você pode usar o cupom de desconto abaixo.

Internet/ Telefone/ Comunicação

A minha operadora de telefonia quando fui para Jeri era a Oi, e, embora tivesse sinal de 3G no visor do telefone, ele simplesmente não funcionava, portanto era preciso usar o wi-fi da pousada e dos restaurantes, o sinal de telefonia funcionava perfeitamente. Já as demais operadoras eu não sei informar.

Segurança em Jericoacoara

A vila é bem tranquila e não vi nenhum sinal de ameaça andando por lá em diversas horas do dia e da noite, mas é sempre bom ter cuidado, sobretudo mulheres desacompanhadas nos lugares mais desertos à noite.

Bom, esse foi o post sobre Jericoacoara, espero que eu tenha respondido às principais dúvidas e, através dele, você possa organizar melhor sua viagem para esse paraíso. 

Qualquer dúvida, é só deixar sua pergunta aqui embaixo na caixa de comentários e boa viagem.

Abraços.

Jason Brum

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.