Suéter, cardigan e pulôver. Clique e entenda as diferenças.

0 70

- Advertisement -

Suéter, cardigan e pulôver – Entenda as diferenças

Curioso que, apesar de gostar muito de suéter, cardigan e pulôver, até bem pouco tempo atrás eu não tinha muita ideia da diferença entre eles, principalmente a diferença entre suéter e cardigan.

Outra curiosidade é que, como disse acima, eu gosto muito dessas três peças do vestuário masculino, mas atualmente eu só tenho um pulôver e um suéter. No passado, numa mesma época já tive mais de 10 dessas peças.

O que mudou nos últimos anos é que acabei valorizando mais blazeres e jaquetas. Não sei como se deu essa mudança, como o meu estilo foi mudando, mas só dei o meu exemplo para dizer que uma coisa não exclui a outra.

Sendo assim, se você gosta de suéter e blazer ou jaqueta, você pode usar tranquilamente, a combinação entre eles.

Vamos às diferenças.

Suéter

Suéter é um “casaco” de manga longa geralmente feito de tricô que pode ter gola redonda, canoa ou gola v.

Geralmente é utilizado com uma t-shirt (camiseta) ou camisa por baixo, mas também pode ser usado como peça principal, sem nada por baixo.

Pode ser usado com calça de sarja, calça jeans ou bermuda.

Combina também usando por baixo de uma jaqueta ou blazer.

Leia também: Tipos de calçados masculinos e indicações de uso.

Suéter gola V. com camiseta por baixo
Suéter gola redonda com camisa por baixo
Suéter gola V. com camisa por baixo
Suéter gola redonda como peça principal, sem nada por baixo.

Cashemere ou Cachemir

O suéter com a linha do tricô bem fininha é chamado também de cashmere, mas na verdade é só um suéter, pois cashmere é um tecido obtido através do subpelo da cabra Hircus, que é comum na região da Caxemira (daí o nome) que engloba parte do Paquistão, Índia, China, Nepal e Mongólia.

Cabra Hircus, que cede o pelo para a produção da lã chamada de Cashemere

A Cashmere é uma das fibras mais valorizadas do mundo, pois cada cabra só produz 200g desse subpelo por ano, e a vida média de cada cabra é de 7 anos, portanto se um suéter fosse de fato feito com cashmere ele custaria uma pequena fortuna.

Então os suéteres vendidos, por exemplo, na Renner ou  na Zara, com aqueles precinhos camaradas jamais serão feitos de cashmere, portanto também não podem levar esse nome.

Leia também: Terno, costume, paletó e blazer – Entenda as diferenças

Cardigan

Cardigan é uma evolução do pulôver.

Um militar, cansado do calor dos pesados e fechados pulôveres resolver enfiar a tesoura numa dessas peças e abriu uma fenda em V, assim como toda a frente e colocou botões.

Com o passar dos anos a indústria da moda se apropriou da ideia e a peça acabou ganhando o nome de cardigan.

O cardigan atual tem diversas variações de espessura, podendo ser de tricô mais fino ou lãs mais pesadas, mas sempre com um decote em v bem pronunciado, assim como abotoamento frontal

Pode ser liso, tricotado, com desenhos diversos, estampas geométricas, étnicas e uma uma infinidade de cores e tramas.

Mais alguns modelos de cardigan com diferenças na espessura da linha utilizada, lisos e com estampa étnica.

 

Pulôver

O pulôver é muito confundido com o suéter e vice-versa, mas as diferença básicas entre eles são: o pulôver é feito com fios mais pesados de lã e são mais folgados ao corpo.

Leia também: Qual sapato masculino usar em cada ocasião.

Os suéteres, mais finos, embora existam opções com gola redonda e canoa, são muito mais comuns com uma gola v discreta ou média. Já os pulôveres são sempre com gola redonda, canoa ou gola alta (rolê ou não).

Conseguiu entender as diferenças entre suéter, cardigan e pulôver?

Como você pode ver, o uso de suéter, cardigan e pulôver pode te deixar com uma aparência elegante, ou mesmo casual, mas você estará bastante estiloso.

Agora me diz se você usa essas clássicas peças do vestuário masculino e se sabia a diferença entre elas.

Escreve nos comentários abaixo.

Abraço.

Jason Brum

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.